Patrícia Amorim perdoa Bruno: ‘Ele tem crédito total nosso’

Presidente do Flamengo escuta desculpas do goleiro

Arrependido das declarações que deu após a derrota para o Universidad de Chile, na última quarta-feira, Bruno viveu uma quinta-feira diferente. Além de não treinar, o goleiro foi repreendido por lideres de torcidas organizadas quando deixava a Gávea. O jeito foi repetir para eles o mesmo que havia dito na entrevista coletiva em que pediu desculpas por ter declarado que estava se lixando para as vaias.

Mas Bruno não se desculpou apenas com os torcedores, seja pessoalmente ou através da imprensa. O capitão do Flamengo se reuniu com a presidente Patrícia Amorim e repetiu que estava de cabeça quente quando deixava o gramado do Maracanã. A dirigente se sensibilizou com o pedido do goleiro.

- Bruno veio me pedir desculpas e eu, como presidente do Flamengo, aceitei. Ele realmente estava sentido com o que aconteceu. Ele se cobra muito. Ele é um jogador vitorioso, foi Tricampeão, ganhou o Hexa... Enfim, ele tem crédito total nosso. Bruno disse aquilo de cabeça quente. Assim como a torcida ficou nervosa, ele também ficou. E é melhor ter um jogador que mostra esse brio quando perde, do que outro que perde e deixa o campo apático ? disse Patrícia Amorim.

Além do perdão presidencial, ela também demonstrou que acredita numa recuperação rubro-negra no jogo de volta das quartas de final da Libertadores, na próxima quinta-feira, em Santiago. Apesar de o Flamengo precisar vencer por uma diferença de dois gols, Patrícia mostrou-se otimista, mas também lembrou que é preciso ter atenção no jogo contra o Vitória, sábado, em Salvador.

- Temos um jogo no sábado importante e o foco agora está nele. Mas estou confiante para enfrentar o Universidad de Chile lá. Temos um grupo consistente e ainda falta uma semana para o jogo. Considero um tempo bacana para nos recuperarmos da derrota e ajustar o que for necessário ? afirmou Patrícia.

Fonte: g1, www.g1.com.br