Baier contesta expulsão contra o Palmeiras

Paulol Baier não questionou o segundo cartão amarelo que recebeu

Expulso no jogo contra o Palmeiras, nesta quinta-feira, o meia Paulo Baier reclamou do primeiro dos dois cartões amarelos que recebeu, por supostamente fazer "cera" na cobrança de um escanteio. Após a derrora por 1 a 0, no Palestra Itália, o experiente jogador é desfalque certo para a partida decisiva das oitavas de final da Copa do Brasil.

Paulol Baier não questionou o segundo cartão amarelo que recebeu, no lance em que colocou o corpo à frente do zagueiro Danilo, mas considerou equivocada a aplicação do primeiro, no começo do jogo.

"Eles iam puxar o contra-ataque, tínhamos poucos jogadores na defesa. Fui fazer a parede, o Danilo veio e, obviamente, se jogou, e eu acabei sendo expulso. Mas o cartão amarelo influenciou nisso. Todo mundo viu que tinha uma parte da bola em cima da linha. Fui tentar conversar com o árbitro e ele nem deixou eu falar, chegou logo mostrando o amarelo", protestou.

Com a punição, o capitão atleticano está suspenso do confronto de volta, marcado para a próxima quarta-feira, na Arena da Baixada. Principal referência da equipe nas bolas paradas, ele acredita que o Atlético-PR tem outros jogadores que podem suprir sua ausência e confia na classificação.

"Temos o Netinho que bate muito bem também. Além disso, temos força em casa e contamos com o apoio da torcida para nos empurrar. Temos todas as condições de inverter este placar e teremos um grande jogo na Arena", afirmou Paulo Baier.

Fonte: Terra