Paulo Ganso discursa para a delegação brasileira em Campana

Paulo Ganso discursa para a delegação brasileira em Campana

No fim, os aplausos de sempre e os tradicionais abraços de recepção ao novo companheiro

Acostumado à forte marcação dos adversários no campo, Paulo Henrique Ganso não escapou da imposta pelos companheiros da Seleção Brasileira que treina em Campana para a Copa América, que será realizada na Argentina de 1º a 24 de julho. Nesta segunda-feira, o meia do Santos teve de fazer o tradicional discurso dos calouros, mesmo sendo esta sua segunda convocação.

Ganso se livrara do ritual quando foi chamado pela primeira vez por Mano Menezes, no amistoso contra os Estado Unidos, em agosto de 2010, primeiro compromisso do treinador à frente da Seleção.

Segundo o site oficial da CBF, todo o ?protocolo? foi cumprido. O armador santista ficou de pé na hora do jantar e teve de se diririgr ao grupo ?de maneira respeitosa para agradecer a oportunidade de estar desfrutando do ambiente?.

Sempre no mais alto grau de descontração, o discurso foi interrompido seguidamente pelos demais jogadores, que vaiaram quando o ?palestrante? retomou a palavra. No fim, os aplausos de sempre e os tradicionais abraços de recepção ao novo companheiro.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com