‘Pé-quente’, Vágner Love sofre na torcida em jogo do Flamengo

‘Pé-quente’, Vágner Love sofre na torcida em jogo do Flamengo

Atacante vai ao Engenhão apoiar companheiros no jogo contra Real Potosí

Ainda sem poder entrar em campo, Vagner Love viveu uma noite de torcedor nessa quarta-feira, no Engenhão. De um camarote, o Artilheiro do Amor assistiu à vitória do Flamengo sobre o Real Potosí e disse que ficar na torcida é bem mais complicado do que entrar em campo.

- É muito difícil ficar só torcendo, sem poder entrar em campo. É um trilhão de vezes mais complicado ficar só olhando e gritando, sem poder fazer nada com a bola - comentou Love, na companhia da namorada, Lucilene Pires, ao site oficial do clube.

Sofrimento à parte, o principal reforço rubro-negro brincou dizendo que levou sorte ao time que avançou à fase de grupos da Libertadores. Além de assistir à partida, Love esteve no vestiário antes e depois de a bola rolar para apoiar os companheiros.

- Tive que descer e falar com eles. Estou feliz com a classificação. Sou pé-quente mesmo. Fui no vestiário antes do jogo, falei com o Ronaldo e com o Léo Moura e eles fizeram os gols. Estou com moral. Vou estar sempre neste vestiário para o Flamengo vencer, mas agora quero estar para jogar. Ficar fora não faz bem ao meu coração - brincou.

Vagner Love tem treinado normalmente e deve estrear no dia 12, contra o Nova Iguaçu, pela sexta rodada da Taça Guanabara.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com