Peixe sonha com Ricardo Oliveira e Neymar em 2011

Peixe sonha com Ricardo Oliveira e Neymar em 2011

Atacante já disputou final da competição continental pelo clube alvinegro

O Santos vai tentar viabilizar a contratação do atacante Ricardo Oliveira, atualmente no São Paulo, logo após a disputa do Brasileirão. O jogador tem contrato com o Al-Jazira, dos Emirados Árabes, até o fim de 2012, e está emprestado ao Tricolor até o término da atual temporada.

O interesse santista foi confirmado por pessoas próximas ao jogador. No entanto, Ricardo deu sua prioridade ao São Paulo. Disse que só não fica se o clube não quiser. Os dirigentes são-paulinos, por sua vez, tentam viabilizar a renovação do empréstimo por mais seis meses. Acontece que o Al-Jazira quer que o atacante retorne aos Emirados Árabes no início de 2011 e não parece disposto a liberá-lo novamente.

A diretoria santista sabe dessa resistência e, por isso, antes de bater o martelo com Ricardo Oliveira, pretende enviar um representante para negociar pessoalmente com o clube do Oriente Médio. Mostrar que a Libertadores seria uma vitrine importante, que ajudaria a valorizar ainda mais o jogador.

O assunto é mantido sob sigilo. Nenhum dos dois lados fala oficialmente sobre o assunto. O maior temor é que os dirigentes do Al Jazira resolvam que não vão liberar o jogador sob hipótese alguma. O desfecho positivo da negociação vai depender muito do poder de persuasão dos santistas.

Ricardo Oliveira teve uma rápida passagem pelo Santos em 2003, quando o clube chegou à final da Taça Libertadores. Foi inclusive artilheiro daquela edição, com nove gols. Ele é considerado o nome ideal para formar dupla de ataque com Neymar. Além de experiente, encontra-se em boa forma técnica. Keirrison, que era a aposta para a camisa 9, não conseguiu se firmar no time e virou reserva de Zé Eduardo.

Diabo Loiro

O atacante Júnior, do Vitória, poderia pintar como alternativa para a camisa 9. Ele foi oferecido aos dirigentes santistas há algumas semanas. No entanto, não empolgou muito. O jogador tem 34 anos e, por causa da cor do seu cabelo, é chamado de Diabo Loiro pelos torcedores do Leão.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com