Pelé avalia seu tesouro em R$ 28 milhões; acervo tem até um menisco

Pelé é dono de 99,99% das cotas da empresa

Pelé, o maior jogador de futebol de todos os tempos, reuniu durante sua carreira – e também depois dela – uma enorme coleção de objetos. Um tesouro aparentemente difícil de avaliar, mas que teve seu valor estimado pelo próprio Rei: R$ 28 milhões.

São 2.413 itens, a maior parte deles ainda hoje distante dos olhos dos fãs, que foram incorporados ao capital de uma das empresas de Pelé, a Montag Divulgação Ltda. Em janeiro de 2015, a Jucesp (Junta Comercial de São Paulo) registrou a mudança no contrato social da companhia, que até então tinha capital de R$ 100 mil.

A cláusula 1.3 do documento aponta aumento de R$ 27.979.000, "totalmente subscrito e integralizado pelo sócio Edson Arantes do Nascimento, mediante integralização dos bens constantes do acerto relativo à vida e carreira do sócio Edson Arantes do Nascimento".

Pelé é dono de 99,99% das cotas da empresa, tendo a sobrinha Danielle do Nascimento Magalhães Zilli como sócia minoritária. Advogada, ela é casada com Rogério Zilli, responsável pela organização e catalogação de todas as peças do acervo.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Globoesporte