Sobre greve de atletas Pelé reconhece direito e avisa: "não é o momento"

Pelé foi questionado sobre a ameaça de greve dos jogadores

Pelé deu nesta quarta-feira sua opinião sobre uma possível greve de jogadores de futebol que atuam no Campeonato Paulista. O atleta do século reconheceu o direito dos atletas de não entrar em campo por causa da falta de segurança, mas disse que esse não é momento para paralisação. "Não é momento para isso, mas nós jogadores temos o direito de reivindicar por mais segurança", disse.

Pelé foi questionado sobre a ameaça de greve dos jogadores ao inaugurar uma loja de relógios no Rio de Janeiro. Falou sobre o assunto menos de uma semana depois de um grupo de torcedores invadirem o centro de treinamento do Corinthians para cobrar de atletas do clube um melhor desempenho em campo.

O fato gerou um debate entre os jogadores. Atletas que fazem parte do movimento Bom Sendo FC discutem paralisar o Campeonato Paulista neste final de semana para cobrar mudanças.

Pelé deu o entender que a paralisação não é oportuna devido à proximidade com a Copa do Mundo de 2014. "Eu acho que o momento é de faturar muito com esses eventos. De ter turismo aqui, entrada de dinheiro", disse ele, complementando sua resposta sobre a ameaça de greve.

Ainda sobre a Copa do Mundo, Pelé disse estar preocupado com os atrasos em obras, principalmente dos estádios. Falou ainda que os problemas com a Copa do Mundo o afligem porque ele trabalhou pessoalmente na promoção do evento. "Estamos preocupados. Principalmente, pessoas como eu que trabalharam quatro anos para que o Brasil tivesse essa Copa do Mundo, pedindo voto. Isso preocupa."


Grávida, Wanessa grava clipe sexy em clima de balada

Por fim, Pelé também falou sobre os protestos. Voltou a defender que não haja manifestações durante a Copa porque, para ele, o futebol não tem nada a ver com a corrupção ou a falta de segurança ?dois assuntos que motivaram os atos em junho do ano passado. "Estamos estragando tudo porque um grupo fica deturpando as coisas", disse. "Futebol é o que mais traz promoção para o nosso país."

Fonte: UOL