Pelo twitter, atacante Kléber rebate os jogadores do Fla

Pelo twitter, atacante Kléber rebate os jogadores do Fla

O camisa 30 usou o Twitter para desafiar os flamenguistas a "falarem na cara"

Dois dias após o empate por 0 a 0 entre Palmeiras e Flamengo, a polêmica envolvendo o atacante Kleber continua. Criticado pelos jogadores do time rubro-negro por dar sequência a um lance em que, pelos procedimentos do fair play, teria que jogar a bola para fora, o camisa 30 usou o Twitter para desafiar os flamenguistas a "falarem na cara". Entretanto, em seguida apagou os posts.

"Lendo algumas declarações de alguns jogadores, vi que alguns têm sido muito homem no microfone! Não me mande recado pela imprensa. Quando me encontrar pode vir falar na minha cara. Sei que não vai ser tão homem pra isso", escreveu Kleber em seu Twitter.

Na partida da última quarta-feira, após uma paralisação para atendimento do lateral esquerdo Júnior César, o árbitro Leandro Vuaden reiniciou o jogo com bola ao chão. Kleber pediu para que o zagueiro rubro-negro Welinton devolvesse a bola para o Palmeiras. Porém, com a demora do flamenguista, o camisa 30 partiu para o ataque e concluiu com um chute perigoso. Resultado: flamenguistas irritados partindo para cima do ídolo palmeirense.



Na saída do gramado, o meia Renato Abreu não poupou críticas a Kleber. "Isso não é atitude de homem. É atitude de moleque. Nosso time todo (estava) esperando a bola para fora", esbravejou o jogador, disparando contra o palmeirense. "É típico de jogadores que precisam fazer média. A gente não precisa disso. Mas não surpreende, não. Ele tem histórico bonito, né? Não surpreende", disse.

Ao que parece, no Twitter, Kleber está se dirigindo justamente a Renato Abreu.

"E você que é tão homem no microfone, vamos ver se vai ser tão homem assim quando me encontrar", escreveu Kleber. "Respeito muito o Flamengo e sua torcida. Mas tem um jogador falando demais. Só espero que ele seja homem de falar minha cara quando me encontrar".

Fair-play

Kleber ainda voltou a comentar sobre o lance que originou a polêmica. E, ao falar de Fair Play, questionou a lisura do Campeonato Brasileiro.

"Só quero ver se alguém vai falar de fair play nas últimas rodadas do Campeonato. Até porque a gente já viu que em alguns jogos no final do campeonato rolam muitos boatos de mala branca e mala preta, e alguns jogadores não se esforçando para ganhar. Então chega de papinho", desabafou Kleber, que em seguida apagou tudo que havia escrito sobre o Flamengo e ainda se justificou. "Vou apagar porque sei que o cara vai receber (o recado)".

Fonte: Terra, www.terra.com.br