Piauienses viajam para acompanhar a Copa das Confederações em Fortaleza

Piauienses viajam para acompanhar a Copa das Confederações em Fortaleza

A empolgação com a vitória sobre o Japão no sábado passado só aumentou a expectativa dos piauienses que vão até Fortaleza

Todo amante do futebol sonha em ver seu time do coração jogando bem de perto. O desempenho do Brasil na Copa das Confederações tem estimulado os torcedores a acompanhar os jogos da seleção com mais proximidade.

Se antes já existia a vontade de assistir, com a vitória brasileira de 3 a 0 sobre o Japão no sábado, em Brasília, esse desejo aumentou mais ainda. E isso se refletiu em piauienses que se articularam para ter seu sonho realizado no jogo de hoje contra o México, no Estádio Castelão, em Fortaleza, às 16h.

Thayse Veloso Silva Rocha, seu marido Roosberg Silva Rohca e ainda o vizinho Leonardo Bertoldo moram em Teresina e se programam desde março para este momento.

Ela relata que a preparação se deu de maneira muito organizada, mas ainda assim sujeita a imprevistos. ?Nós havíamos reservado um hotel, mas depois informaram que a seleção ia ficar nele. Por determinações da FIFA de isolamento da seleção, fomos transferidos?, diz.

Eles optaram por viajar de carro, acreditando que terão maior mobilidade na cidade com automóvel próprio, já que planejam estender a viagem para assistir mais um jogo da Copa das Confederações, Espanha e Nigéria, que vai acontecer no domingo às 16h.

O grupo partiu de Teresina na 3ª, às 06 da manhã, aproveitando para passar por Parnaíba, dormiu em Tianguá, chegando às 07 da manhã em Fortaleza para retirarem os ingressos no Centro de Convenções. O retorno está previsto para segunda-feira de manhã, bem cedo.

Quem viaja de avião também reforça que é preciso se programar antecipadamente. Silverson Negreiros e seu pai, Silvano Rodrigues, viajaram na 3ª num voo que partiu às 13:00h. Silverson afirma que ter se adiantado na pesquisa dos preços, horários e locais facilitou o na aquisição do pacote feito por uma agência de viagens.

Ele acrescenta que viajar no meio da semana também não foi um problema, já que se planejou com muita organização. ?Me programei pra cumprir todos meus compromissos até a data da viagem e deixar tudo encaminhado para quando retornar?, declara.

Na mesma sintonia de Silverson, o empresário João Paulo Rodrigues, que viajou com um grupo de amigos, terça à tarde, informa que deixou tudo pronto para viajar sem nenhum problema. Acrecenta que um dos amigos do grupo, por não ter se programado, teve que se contentar com um voo na madrugada três vezes mais caro que o dele.

Segundo o superintendente do Aeroporto de Teresina, Wilson Estrela, os 04 voos diários para Fortaleza sempre são requisitados, afirmando que a Copa das Confederações não alterou muito a rotina do aeroporto.

?As filas e o fluxo de pessoas se mantêm dentro da normalidade. ?, diz. Ele alerta, no entanto, que é preciso atentar para a compra das passagens nas companhias aéreas para obter melhores preços, horários e escalas.

O próximo jogo da seleção brasileira pela Copa das Confederações será dia 22 de junho, sábado, em Salvador. A capital não possui voos diretos até lá, tendo que fazer escala com Fortaleza, Recife, São Luís ou Brasília.

Para os que querem marcar presença nesse e em outros jogos, é bom seguir a recomendação dos nossos torcedores viajantes. Por isso é importante se programar com antecedência. Se necessário, adiantando trabalhos para conseguir uma folga, e curtir a paixão pelo futebol sem deixar de cumprir os compromissos.

Fonte: Vicente de Paula