Piloto da MotoGP cai em curva e morre atropelado por dois

Piloto da MotoGP cai em curva e morre atropelado por dois

Atleta da Honda sofreu parada cardiorrespiratória.


O piloto italiano Marco Simoncelli morreu na manhã deste domingo após grave acidente logo na segunda volta da prova da MotoGP, na Malásia. O piloto da equipe Honda Gresini perdeu o controle da moto e foi ao chão em uma curva. Colin Edwards e Valentino Rossi, que vinham logo atrás, não conseguiram desviar e acabaram o atropelando. O capacete do italiano quebrou por causa da força do impacto e Edwards fraturou o ombro.

Simoncelli foi atendido na clínica do circuito, mas, por causa da gravidade dos ferimentos, teve que ser levado para o hospital de helicóptero. Já hospitalizado, teve parada cardiorrespiratória e faleceu. A corrida foi cancelada logo após o incidente. No momento, o site oficial do piloto está fora do ar.

Simoncelli entrou em parada cardiorrespiratória por causa do forte impacto que recebeu na cabeça, pescoço e peito, por isso foi rapidamente entubado e recebeu manobras de recuperação durante mais de 45 minutos, mas todas as tentativas foram em vão e, às 16h56 (6h56 de Brasília), o piloto foi declarado oficialmente morto - detalhou o diretor médico da MotoGP, o italiano Michele Macchiagodena.

Simoncelli nasceu na pequena Cattolica, na Itália, em 20 de janeiro de 1987. Sua principal conquista foi o título das 250cc em 2008. Ele estreou na principal categoria da motovelocidade mundial no GP do Catar, em 2010. Disputou 34 provas e conseguiu um segundo lugar como melhor resultado.

Fonte: Sportv