Piloto da Nascar morre após grave acidente em prova nos EUA

Piloto da Nascar morre após grave acidente em prova nos EUA

Jason Leffler, de 37 anos, disputava corrida em oval de terra batida, nos EUA, quando capotou com o carro e foi retirado de helicóptero do local

O piloto Jason Leffler, 37 anos, conhecido pelo apelido de "LEFturn", morreu após um sério acidente durante a Bridgeport Speedway, em Nova Jersey, na tradicional "Night of Wings", disputada em um circuito oval de terra batida. A "Sports Illustrated" foi o primeiro site a confirmar a morte do piloto, tendo como fonte a polícia de Nova Jersey. Minutos depois, a tragédia também foi confirmada pela agência internacional Associated Press. Ele deixa um filho, Charlie, de cinco anos. Na semana passada, o piloto correu pela primeira vez na Nascar em 2013, em Pocono, e terminou na 43ª colocação.

Leffler competia em uma prova de sprint-car (carros abertos, comuns e corridas de terra). Ele estava sem segundo lugar na hora do acidente e teria capotado diversas vezes e depois batido de frente em um muro do circuito. De acordo com relatos de espectadores, ele foi retirado do carro já em estado grave. O piloto foi levado de helicóptero direto para um hospital da região, mas não resistiu aos múltiplos ferimentos. Pelas redes sociais, internautas especulam que o piloto faleceu após uma parada cardíaca a caminho do centro médico.


Piloto da Nascar morre após grave acidente em prova nos EUA

As outras corridas da noite foram canceladas pela organização da Bridgeport Speedway. Leffler passou por todas as divisões principais da Nascar e teve mais sucesso na Nationwide (a segunda principal), onde competiu de 1999 a 2012 e somou duas vitórias, além de ter chegado entre os cinco primeiros em 42 oportunidades.

No Twitter, o piloto brasileiro Tony Kanaan, da Fórmula Indy, lamentou a morte de Leffler.

- Minhas preces para a família de Leffler. É muito triste o que aconteceu - lamentou o brasileiro.

Outro que demonstrou tristeza com a morte do americano foi o companheiro de Tony na Indy James Hinchcliffe.

- É difícil ouvir notícias como essas. Não o conhecia pessoalmente, mas um amigo de corrida é um amigo meu. Meus pensamentos estão com a família de JL - frisou Hinchcliffe.

Início na terra batida

Leffler começou a carreira em pistas de terra batida. Natural de Long Beach, na Califórnia, ele ganhou três títulos da USAC Midget, entre 1997 e 1999. Em 2000, correu a Nationwide pela JGR, e depois foi contratado para competir na Sprint Cup para a Chip Ganassi, em 2001. Depois, competiu nas três principais séries da Nascar nos últimos 12 anos. No seu Twitter, Leffler comemorou o retorno para a Nascar, dizendo que "estava novamente na pista". Ele também já disputou uma edição das 500 Milhas de Indianápolis, em 2000.

Fonte: G1