Piloto morre após grave acidente a 170 km/h na Moto2

Piloto de 24 anos caiu durante segunda sessão de treinos livres

O piloto Luis Salom, da categoria de acesso da MotoGP, morreu nesta sexta-feira (03), após grave acidente  no segundo treino livre para o GP da Catalunha, em Barcelona. A informação foi confirmada por sua equipe, a SAG Team

Faltavam 24 minutos para o fim da sessão quando o espanhol caiu a mais de 170km/h, na curva 12, e permaneceu deitado na pista sem se mover. Em função da queda, a organização da prova ordenou bandeira vermelha e encerrou a sessão. Dois carros médicos, duas ambulâncias e um helicóptero foram imediatamente deslocadas para o local do incidente. Porém, devido à gravidade dos ferimentos, a decisão tomada foi de transferi-lo de ambulância terrestre para o Hospital Universitário Geral da Catalunha.

A equipe SAG informou que, ao chegar ao hospital, o piloto foi submetido a cirurgia mas "apesar dos esforços da equipe de traumatologia, faleceu às 16h55 locais (11h55 em Brasília)". 

Salom tinha 24 anos e começou a competir na categoria 125cc. Estreou no Campeonato Mundial em 2009, no Circuito de Jerez e subiu ao pódio 25 vezes - incluindo as nove vitórias no Mundial de Moto3. Terminou o campeonato de Moto3 de 2012 na segunda posição geral, tendo sido terceiro colocado no ano anterior. Em 41 corridas na Moto2, terminou entre os três primeiros por três vezes.


Luis Salom sofre grave queda em Barcelona e é atendido por equipe médica ainda na pista (Crédito: EFE)
Luis Salom sofre grave queda em Barcelona e é atendido por equipe médica ainda na pista (Crédito: EFE)


Fonte: Com informações do GloboEsporte.com