Piloto sofre acidente em Interlagos e permanece em coma induzido

O acidente aconteceu no "S do Senna", e o piloto bateu contra a proteção de pneus.

O piloto Renan Alves, 31, permanece em coma induzido depois de sofrer um grave acidente no último domingo durante os treinos para a etapa de abertura da Moto 1000 GP, no autódromo de Interlagos.



"O estado dele segue entre grave e gravíssimo, pelos danos neurológicos. Ontem [segunda-feira], ele passou por uma nova tomografia, que apresentou os mesmos dados do domingo. Não houve mudança", informou o médico Marcos Korukian.

O acidente aconteceu no "S do Senna", e o piloto bateu contra a proteção de pneus. Logo após o acidente, Alves foi atendido ainda na pista pela equipe médica chefiada por Marcos Korukian. Ele esteve inconsciente durante todo o atendimento.

Depois de receber os primeiros atendimentos, Renan foi encaminhado ao hospital Grajaú, onde passou por tomografias de crânio, cervical, tórax, abdome e pelve, além de radiografias. Ele teve uma fratura no fêmur direito e um edema por conta de um traumatismo craneo-encefálico.

De acordo com Gilson Scudler, um dos organizadores da Moto 1000 GP, as causas do acidente ainda não foram esclarecidas. "A princípio, suspeitávamos de uma falha nos freios, mas não ficou comprovado. Suspeitamos também que o piloto teve um mal súbito", disse Scudler.

Fonte: Folha.com