Ponte mantém tabu com empate, e Palmeiras vê folga na liderança

A comemoração palmeirense também durou pouco tempo

Apostando em contra-ataques, a Ponte Preta começou levando perigo. Aos 7, Wellington Paulista foi acionado cara a cara com Jailson, mas finalizou em cima do goleiro. O Palmeiras não deixou a Macaca crescer. Após criar chance em cabeçada de Dudu, o time abriu o placar com Rafael Marques completando bom cruzamento de Róger Guedes.

Mesmo aberto, o duelo só voltou a ter lances de perigo no segundo tempo. Aos 6, Wellington Paulista aproveitou trapalhada da defesa palmeirense e empatou para a Ponte Preta. O Verdão não acusou o golpe, porém, e foi para cima. Aos 24, após lançamento, Rafael Marques escorou para trás e viu Thiago Martins cabecear para a rede.

Ponte mantém tabu com empate, e Palmeiras vê folga na liderança (Crédito: Reprodução)
Ponte mantém tabu com empate, e Palmeiras vê folga na liderança (Crédito: Reprodução)


A comemoração palmeirense também durou pouco tempo. Três minutos depois, a Ponte Preta voltou a igualar o placar. William Pottker recebeu lançamento da defesa, ganhou de Egídio na corrida e bateu no canto direito de Jailson.

A folga do Palmeiras na liderança diminuiu. Na tarde deste domingo, o primeiro colocado do Campeonato Brasileiro esteve duas vezes à frente no placar, com gols de Rafael Marques e Thiago Martins, mas cedeu o empate por 2 a 2 à Ponte Preta, que balançou a rede com Wellington Paulista e William Pottker e manteve a escrita de não perder na arena alviverde.

Fonte: GE