Por continuidade, Willian terá de mostrar lado versátil

Com a volta de Liedson, atacante disputa vaga de Jorge Henrique com meia Bruno César

Substituir o artilheiro do Campeonato Paulista não é tarefa fácil para ninguém, mas Willian, recém-contratado pelo Corinthians, tirou a missão de letra no último domingo (13), herdando a camisa 9 de Liedson e marcando dois dos três gols da equipe na vitória sobre o Mirassol.

O bom desempenho do jogador deixou o técnico Tite aliviado, já que o treinador conta com Willian novamente como substituto do Levezinho para o clássico contra o São Paulo, no dia 27 de março ? Liedson foi pré-convocado por Portugal para dois amistosos e dificilmente será liberado.

- O Willian é um jogador impressionante e foi muito bem [contra o Mirassol]. Se não conseguirmos liberar o Liedson [contra o São Paulo], vai o Willian, que também cai muito bem pelos lados do campo.

Antes do clássico, porém, o Corinthians terá que encarar o Americana, no Pacaembu. Com Liedson de volta, o herói da partida de Mirassol, que marcou seus primeiros dois gols após ter participado de cinco partidas, sempre entrando no decorrer delas, terá de mostrar que também sabe ser versátil para ficar na equipe.

Como não poderá contar com Jorge Henrique, expulso no domingo, Tite precisará definir se escalará um trio ofensivo ? Liedson, Dentinho e Willian ? ou se promoverá o retorno de Bruno César, meia de origem, para formar um meio-campo com quatro homens.

Se optar pelo ex-jogador do Figueirense, Tite poderá deixar a função da armação das jogadas somente na responsabilidade de Morais, abrindo Dentinho e Willian pelos lados do campo e deixando Liedson como referência. A julgar pelo que falou do atacante após o jogo contra o Mirassol, o gaúcho não parece preocupado.

- O Willian é irrequieto, mas me serve assim. Tive de pedir para não sair da área e deixar a jogada de lado para o Dentinho.

Feliz por seu desempenho, o novo artilheiro alvinegro preferiu não cobrar uma posição entre os titulares.

- Agradeço a esse grupo maravilhoso e ao Tite, que acreditou no meu trabalho, pois é muito bom dar alegrias ao torcedor corintiano.

Fonte: R7, www.r7.com