Preço de Beatles, no Brasil equivale a viajar e comprar nos EUA

The Beatles: Rock Band sai por R$ 2.000 no Brasil

R$ 2.000. Este é o valor, ainda que sugerido, que o jogador precisa desembolsar para adquirir o kit completo de "The Beatles: Rock Band" no Brasil, onde o pacote é distribuído pela NC Games. Pelo mesmo valor, é possível ir até os Estados Unidos e ainda pagar os US$ 250 cobrados pela edição especial.

O UOL Jogos pesquisou três sites especializados em comércio de pacotes de viagem (veja quadro abaixo) - Submarino Viagens, Decolar e CVC - e selecionou opções que incluem, no mínimo, três noites em Miami, com passagens aéreas e hospedagem. O preço não atinge os R$ 2.000 cobrados pelo game no Brasil.

Ou seja, fica até mais barato ir aos EUA para comprar "The Beatles: Rock Band" e, de quebra, curtir a cidade de Miami por alguns dias.

A NC Games, por sua vez, faz questão de ressaltar que o preço de R$ 2.000 é um valor sugerido, baseado na previsão de demanda para o mercado brasileiro, levando ainda em consideração a via de importação (aérea ou marítima) e até mesmo a cotação do dólar. Como o processo de estudo do lançamento de "The Beatles: Rock Band" começou em julho, meses antes da chegada do jogo, tal estimativa fica ainda mais difícil de agilizar.

"Além do conhecido fato que temos no Brasil impostos altos para este tipo de produto, podemos afirmar que a NC Games trabalha com margens mínimas na comercialização de games por ser um distribuidor "master" (com ganho no giro e não na margem), ainda mais porque temos no mercado brasileiro uma concorrência desleal do mercado cinza e da pirataria", explica Lucia Schröter, gerente de marketing da empresa.

Esforço conjunto da Viacom, MTV Games e Electronic Arts, o game reúne 45 canções dos Beatles e foi lançado para PlayStation 3, Wii e Xbox 360 no dia 9 de setembro. No Brasil, a NC Games também comercializa a edição avulsa, que inclui somente o jogo, por R$ 270 (nos EUA, o preço é US$ 60). Há também guitarras especiais avulsas por R$ 800 cada (US$ 100).

PS3 Slim: menor, mais leve e mais caro

O Brasil é dos poucos países em que modelo Slim do PlayStation 3 chega a custar mais que a versão convencional, que tem HD de 80GB - nos EUA, para efeito de comparação, cada um sai por US$ 299,99. No Submarino, o Slim está à venda por R$ 1.999, enquanto o modelo de 80GB custa R$ 1.489.

Ou seja, o consumidor paga R$ 500 a mais por um videogame que é menor e mais leve, o que em tese até poderia baratear a importação. Em resposta ao UOL Jogos, a assessoria de imprensa do Submarino justificou a diferença de valores como parte da estratégia de preços da empresa no Brasil e alegou que a comparação com os EUA não é cabível. Leia a resposta na íntegra:

O Submarino informa que as estratégias de preço praticadas no Brasil e nos EUA não podem ser comparadas. Por ser tratar de um lançamento e como toda novidade da Sony no Brasil, o PS3 Slim chega com uma política de preço diferente dos EUA, afinal cada mercado tem suas características. O que exemplifica isto é o que foi visto no lançamento do primeiro PS3 no Brasil, onde ele custava em torno de R$ 6.000, contra U$$ 599 nos EUA. Com o tempo de mercado, a análise de desempenho do item e as ações da concorrência, os preços tendem a cair e se estabilizar.

Fonte: aaaaaaaaaaaaa