Preços de passagens para durante a Copa podem subir mais de R$ 1.000

A menor diferença encontrada foi para a terceira partida do Brasil

SÃO PAULO ? Apesar de as companhias aéreas Avianca e Azul afirmarem que irão estabelecer tarifa-teto de R$ 999 para as passagens durante o período da Copa do Mundo de 2014, um levantamento realizado pelo comparador de viagens Mundi mostra que o valor dos bilhetes pode aumentar em mais de R$ 1.000.

Para verificar a oscilação, o site usou como base o preço mínimo dos voos com origem nas três cidades que mais procuraram as sedes dos jogos da Seleção Brasileira na primeira fase e na final, sendo que as buscas dos usuários foram realizadas entre julho de 2013 e janeiro de 2014.

Os dois maiores aumentos foram registrados nos trechos Salvador - Fortaleza, para o segundo jogo do Brasil no evento, e Recife- São Paulo, para o jogo de abertura da competição. No primeiro trecho, os dados apontaram que o trecho pode ficar até R$ 1.085 mais caro; o maior valor registrado foi de R$ 1.435 em janeiro contra R$ 350 na pesquisa em um dia comum.

Já no segundo trecho, o valor pode ficar com uma diferença de até R$ 999; em novembro, o preço chegou a R$ 1.609, enquanto o valor para um dia comum custava R$ 610.

No dia 13 de julho (dia da final da Copa do Mundo), o preço mínimo com saída de Recife para o Rio de Janeiro chegou a atingir R$ 1.452,79 em setembro, enquanto o valor em um dia comum chegou a R$ 478.

A menor diferença encontrada foi para a terceira partida do Brasil, em Brasília. A saída de Belo Horizonte custava R$ 704 em agosto, e na pesquisa para um dia comum, o valor atingiu R$ 216, uma diferença de R$ 488,90.

Fonte: Yahoo