Prefeito diz que piada de ator sobre Rio 2016 é "dor de corno"

O governador Sérgio Cabral informou que não vai comentar o ocorrido

"Dor de corno". Foi assim que o prefeito do Rio Eduardo Paes definiu as declarações do ator americano Robin Williams, que, em entrevista, afirmou que strippers e drogas fizeram do Rio o vencedor na competição pelo posto de cidade olímpica em 2016, derrotando Chicago.

"É tão sem nexo, é um sujeito tão descompromissado com o que está dizendo. Eu acho ele um bom ator, enfim. Tá com dor de corno. Desculpe a grosseria, recalque. Ontem, por acaso, eu recebi uma carta do prefeito de Chicago, com algum atraso, me parabenizando pela escolha das Olimpíadas, dizendo que está irmanado com o Rio de Janeiro para fazer isso. E eu comentei, antes de ver essa notícia do Robbin Williams, que não fui eu que escrevi essa carta pra ele. Ele que teve que escrever pra mim e é isso que importa. A opinião do Robin Williams, pra ser muito sincero, não tô nem aí. O que importa é que nós ganhamos as Olimpíadas e vamos fazer as melhores Olimpíadas de todos os tempos. E quem tá acostumado com negócio de caminhos tortuosos não é bem o Rio. É mais Chicago", declarou Paes.

O governador Sérgio Cabral informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não vai comentar o ocorrido.

Em nota, o Comitê afirmou que não vai comentar o assunto, que será tratado apenas pelos seus advogados, que estudam as "medidas cabíveis nos Estados Unidos".

O episódio

Em entrevista num dos programas mais populares dos Estados Unidos, o Late Show, de David Letterman, Robin Williams fez piada com a escolha do Rio para sede das Olimpíadas.

Ele lamentou que a participação da apresentadora Oprah Winfrey e da primeira-dama, Michelle Obama, não tenha ajudado Chicago na escolha da sede.

?Espero que ela (Oprah) não esteja chateada. Chicago enviou a Oprah e a Michelle. O Brasil mandou 50 strippers e meio quilo de pó. Não foi uma competição justa?, disse.

No mesmo programa, Robin Williams fez galhofa com Tom Cruise e várias piadas chulas. O ator já passou por duas clínicas de desintoxicação por causa do vício em cocaína.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com