Presidente de clube chama árbitro de safado

Zezé Perrela insinuou favorecimento ao Vélez na partida da Copa Libertadores

O presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela, mostrou-se revoltado após a partida em que o time mineiro foi derrotado pelo Vélez Sarsfield, pela Copa Libertadores. A partida, disputada na quarta-feira (10), terminou 2 a 0 para a equipe argentina.

Indignado com a arbitragem do uruguaio Martín Vázquez, que expulsou dois jogadores do time ainda no primeiro tempo (Gil e Gilberto), Perrela disparou não somente contra o apitador, mas também contra a cúpula da Conmebol, a quem rotulou de "bando de safados" em entrevista à Rádio Itatiaia.

- Fico indignado. É o que falo, na Sul-Americana quem manda é o presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino), o Julio Grandona. Este ano é centenário do Vélez e eles vão fazer tudo para classificá-lo. Por isso contrataram esse juiz, que é o maior safado que já vi, um bandido. Vou fazer um protesto. São um bando de safados.

O principal lance reclamado pelo presidente cruzeirense foi o da expulsão do meia Gilberto, logo aos 2min de jogo.

- Nem falta foi. Esse bandido não pode apitar jogo nenhum. Vou pedir ao Eduardo Maluf (diretor) para reclamar pessoalmente na Conmebol. O problema é que lá a gente fala e eles hablam, mas isso não pode ficar assim.

Fonte: R7, www.r7.com