Presidente do Palmeiras não quer mais jogos às 11h de domingo

Dirigente diz que horário é sacrificante para atletas

Depois da reclamação de jogadores sobre a alta temperatura no jogo das 11h do último domingo (16), entre Palmeiras e Flamengo, o presidente do verdão, Paulo Nobre, também se pronunciou. Para ele, o horário da manhã atrapalha a atuação dos jogadores.

“É um horário complementar aos tradicionais e válido desde que não prejudique o espetáculo. Essa tendência diminuirá com o aumento da temperatura. Como já jogamos três vezes pela manhã, acreditamos que a CBF terá o bom senso de não marcar outros jogos do Palmeiras nesse período. Eu sei que os torcedores gostam, os palmeirenses vêm em massa. Mas para os jogadores, é muito sacrificante", concluiu.

Image title

Fonte: Esporte Interativo