Presidente do verdão troca tapas com conselheiro e clima esquenta

Conselheiro promete fazer Boletim de Ocorrência.

Um dia antes da decisão da Copa do Brasil contra o Coritiba, o clima esquentou nas dependências do Palmeiras. Irritado com as provocações do conselheiro Gilto Avallone, o presidente Arnaldo Tirone partiu para cima e chegou a trocar tapas com o colega de clube. Avallone e um membro próximo de Tirone, o diretor jurídico Piraci Oliveira, confirmam a história.


Presidente do Palmeiras troca tapas com conselheiro e clima esquenta

Avallone teria chegado ao Palmeiras e cobrado atitudes de Tirone em relação a divergências no balanço financeiro do clube. O conselheiro é um dos mais atuantes do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) do Palmeiras, e conhecido por tomar posições polêmicas nos assuntos mais delicados. Ele é do grupo do ex-presidente Mustafá Contursi e contrário à construção da Arena Palestra.

? O Tirone perdeu o controle, me deu um pontapé e esbravejou. Não vou deixar barato, vou registrar um Boletim de Ocorrência ? informou Gilto.

Via Twitter, o diretor Piraci Oliveira disse que houve troca de tapas e pediu a expulsão do conselheiro do quadro de associados. O clube deve apurar melhor o caso e solicitar a exclusão de Gilto Avallone.

O entrevero não afeta a preparação do elenco do Palmeiras para a decisão, já que a delegação está concentrada em um hotel desde a noite de terça-feira. No entanto, os bastidores ficam cada vez mais quentes a seis meses da realização das eleições presidenciais.

Fonte: UOL