Presidente do Santos pede para jogadores esquecerem o árbitro

Luis Álvaro também rechaçou qualquer clima de já ganhou no elenco.

O presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, pediu nesta quarta-feira para os jogadores esquecerem o árbitro da partida contra o Peñarol, o argentino Sérgio Pezzota, e se focarem apenas em jogar bola nesta noite para conquistar o título da Taça Libertadores da América.



"Não temos que se preocupar com o juiz. Espero que o nosso time coloque a bola no chão e jogue. Vamos jogar bola e se possível colocar uma bola no gol adversário", disse o presidente santista em entrevista ao canal Bandsports.

Luis Álvaro também rechaçou qualquer clima de já ganhou no elenco.

"No Santos, ninguém está de salto alto e todos sabem que é preciso ter algo mais. Não tem nada ganho e vão ser 90 minutos emocionante. O elenco é jovem, mas possui alguns jogadores experientes que passaram isso para o elenco", declarou o cartola, lembrando da derrota do Brasil para o Uruguai na Copa de 1950.

"Sabemos que a história do futebol brasileiro registra festas antes do apito final no gramado que costumam ser trágicas e dramáticas. Em 1950, um empate garantiria o título ao Brasil, mas perdemos o jogo", completou.

Fonte: Folha.com