Presidente do STJD afirma que levará caso do Vasco a CBF e Fifa que pode ser punido

Caso seja punido, o clube pode ficar fora das competições nacionais

Em busca dos seis pontos perdidos na Taça Guanabara, o Vasco pode acabar sendo o principal prejudicado no confronto contra o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) e o Supremo (STJD). Em entrevista ao site Justiça Desportiva, o presidente do STJD, Rubens Approbato, afirmou que vai levar o caso a CBF e Fifa. Caso seja punido, o clube pode ficar fora das competições nacionais.

- Não quero aqui ameaçar ninguém e nem nenhum clube. Apenas digo que comunicarei à CBF e à Fifa o que está ocorrendo. O Vasco tomará a atitude que ele julgar melhor. Somos subordinados à Fifa, e assim cumpriremos qualquer determinação que ele diga que precisa ser feita

Approbato afirma que é competência da justiça desportiva analisar o caso vascaíno.

- Pela Constituição, a competência para julgar o caso da perda de pontos é nossa, da Justiça Desportiva. Não estamos decidindo relações de trabalho entre clube e jogador. Não há no STJD ou no TJD/RJ qualquer matéria trabalhista sendo julgada.

Fonte: Globo Esporte