Presidente espera que o caso Bruno sirva de lição para os rubro-negros

Presidente espera que o caso Bruno sirva de lição para os rubro-negros

Patrícia Amorim cobra mais cuidados fora de campo, e pede que o time não perca a concentração

Primeiro foi a conversa à parte com o substituto de Bruno, Marcelo Lomba. Nesta segunda-feira, a presidente Patrícia Amorim reuniu todo o grupo do Flamengo no centro do gramado, na Gávea, e falou sobre a situação do goleiro acusado pelo desaparecimento da estudante Eliza Samudio.

Segundo a dirigente, o elenco tem de manter a concentração no Campeonato Brasileiro e aproveitar a oportunidade para tirar o assunto policial do dia a dia. Em outro momento do bate-papo, que durou cerca de 15 minutos, ela alertou que a prisão do ex-companheiro serve como exemplo para todos os outros jogadores. Ela pediu mais cuidado no comportamento fora de campo.

A presença de Patrícia Amorim demonstra a postura mais atuante da presidente no departamento de futebol. Além da presença nos treinos, ela conduz pessoalmente negociações importantes, casos de Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love.

Depois de longa pausa para a Copa do Mundo, o Flamengo volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), contra o Botafogo. A partida será disputada no Maracanã.

Fonte: Globo Esporte