Pressão de Dunga surte efeito, e Inter pretende contratar Adriano

Pressão de Dunga surte efeito, e Inter pretende contratar Adriano

Caso o acerto se confirme, atacante, de 31 anos, assinará contrato

A pressão de Dunga para contratar Adriano Imperador começa a surtir efeito. Na tarde desta segunda-feira, a direção do Inter se reuniu com o empresário João Bandeira, que representa o centroavante. Realizado no Beira-Rio, em Porto Alegre, o encontro serviu para costurar a contratação do jogador, de 31 anos, e que não atua há mais de um ano.

Na saída da reunião, o diretor de futebol Marcelo Medeiros negou o acerto. Por outro lado, admitiu as conversas entre clube gaúcho e Imperador.

- Quando um jogador do quilate de Adriano diz que deseja atuar no Inter, causa um impacto - disse, ao deixar o Beira-Rio.

Caso o acordo se confirme, Adriano assinaria contrato até o final da temporada. Na última semana, o assessor de futebol Eduardo Hausen viajou até o Rio de Janeiro para conferir as reais situações clínica e física do atleta. Seria uma espécie de vínculo por produtividade. Adriano receberia um valor-base, mas ganharia um extra de acordo com partidas e gols marcados.

Nos último anos, Adriano ficou marcado pelo excesso de peso e problemas extracampo. Há cerca de um mês, postou fotos em redes sociais mostrando estar mais magro e fazendo exercícios. A ideia de Adriano, de acordo com suas postagens, é voltar a jogar até o meio do ano.

Na sexta-feira, a diretoria chegou a descartar a negociação, tendo em vista o período do Imperador sem atuar (desde o dia 4 de março de 2012, quando defendeu o Corinthians na derrota por 1 a 0 para o Santos).

O Inter segue de olho em reforços para o restante da temporada. Além de Adriano, já havia fechado com Jorge Henrique. A diretoria busca agora um meia e zagueiro. Para a zaga, o zagueiro Cléber, da Ponte Preta, surge como opção mais forte para suprir a saída de Rodrigo Moledo. E, no meio-campo, Júlio Baptista, do Málaga, é um dos nomes pretendidos por Dunga, embora o presidente Giovanni Luigi já tenha admitido que o pedido salarial ficou acima dos padrões do clube.

Fonte: GloboEsporte