Produtividade de Ronaldo torna "sacrifício" mais difícil

Fenômeno marcou 48% menos gols e disputou 29% menos jogos do que em 2009.

Diante da dificuldade em melhorar a forma física, evitar as lesões e manter o bom futebol, o atacante Ronaldo prometeu ?sacrifício? à torcida do Corinthians para dar aos fanáticos alvinegros alegrias em 2011. Contudo, esse esforço do Fenômeno em seu último ano de carreira precisará compensar uma queda de produtividade considerável nesta temporada.

Após sofrer contusões e ficar de fora durante partidas importantes no ano do centenário, Ronaldo quer fazer um esforço extra para ter sucesso no próximo ano.

- Vai ser meu último sacrifício. Quero começar o ano como se fosse meu primeiro e fazer dele uma temporada bacana. Recebo muito carinho do torcedor e quero retribuí-lo da melhor forma possível. É só isso o que eu peço

Para Ronaldo, o desafio de fazer de 2011 melhor do que 2010 será árduo. Mais velho e com maior peso, o Fenômeno caiu em praticamente todas as estatísticas nesta temporada, a começar pelo número de jogos: 38 no ano passado contra 27 agora, uma queda de quase 29% na sua participação nos confrontos alvinegros.

A produtividade de Ronaldo foi ainda inferior na quantidade de gols marcados. O bom índice de 23 tentos em 2009 caiu para apenas 12 neste ano, uma perda de quase 48% no desempenho do atacante. A média de gols nesta temporada foi de 0,44 por partida, 28% menor do que os 0,61 por embate há um ano.

O único dado positivo do ano de Ronaldo foi o número de vitórias. Ele venceu 16 vezes neste ano, contra 18 em 2009. Porém, como disputou 11 partidas a menos, o aproveitamento do Timão com o jogador em campo cresceu.

Em um ano de Libertadores e com necessidade de dar alegrias à Fiel, depois do centenário sem títulos, o Corinthians precisa da recuperação de Ronaldo para obter títulos e não ficar duas temporadas completas sem levantar uma taça.

Porém, se o Fenômeno continuar caindo de rendimento na mesma toada deste ano, 2011 será uma temporada magra para ele, com apenas 19 jogos disputados e seis gols anotados.

Fonte: R7, www.r7.com