Prostituta diz ter mantido relações sexuais com Beckham

Beckham teria oferecido 1,5 mil libras (cerca de R$ 4 mil) para assistir duas mulheres mantendo relações sexuais.



Em meio à série de denúncias que envolvem jogadores ingleses e seus casos extraconjugais, o mais recente boato promete ganhar repercussão. Em entrevista à revista americana In Touch Weekly, uma garota de programa assegura ter mantido relações sexuais com o meia David Beckham.

Irma Nici, 26 anos, afirma ter recebido 3,2 mil libras (mais de R$ 8,6 mil) para acompanhar Beckham a um quarto de hotel em agosto de 2007, onde ambos passaram a noite. Com ela, outra prostituta - descrita como uma "curvilínea morena" - teria participado de uma aventura com o meia, atualmente no Los Angeles Galaxy.

Beckham teria oferecido 1,5 mil libras (cerca de R$ 4 mil) para assistir a dupla mantendo relações sexuais, após a qual a morena teria ido embora. Irma garantiu ainda ter se encontrado novamente com o jogador um mês depois - desta vez, em um hotel de Londres, com o mesmo pagamento de 3,2 mil libras.

Beckham, casado com a ex-Spice Girl Victoria, prometeu ações legais contra Irma Nici, inglesa de origem bósnia. Segundo ele, as declarações são "infundadas" e são consideradas "uma série de mentiras maliciosas". Além disso, seus advogados devem acionar a revista nos EUA.

Um amigo do jogador, ouvido pelo jornal The Sun, assegura que Beckham e sua mulher estão "muito calmos". Apesar de admitir que o astro estava em Nova York no período citado, a fonte garantiu que Beckham nem sequer estava hospedado no hotel em questão, o Le Parker Meridien. "Ele estava no Waldorf Astoria", alegou.

Fonte: Terra