Psicólogo do Flamengo nega "corpo mole" de jogadores

Psicólogo do Flamengo nega "corpo mole" de jogadores

Com 40 pontos, time de Luxemburgo está a apenas quatro da zona do rebaixamento

A situação do Flamengo no Campeonato Brasileiro é delicada e alguns torcedores, por meio de comunidades na internet, até acusam certos jogadores de fazerem "corpo mole". Mas, segundo o psicólogo do clube, Paulo Ribeiro, "este não é o caso".

Segundo Ribeiro, é possível perceber no grupo uma grande vontade de deixar para trás o perigo do rebaixamento. "Vejo que todos estão pensando dessa forma, no sentido de tirar o time dessa situação. Todos estão empenhados, desde os mais experientes até os mais jovens", comentou, em entrevista à Rádio Brasil.

Ciente de que o momento complicado afeta o psicológico dos atletas, o profissional pretende desenvolver um trabalho especial para as últimas quatro rodadas do Brasileiro. "Tenho algumas ideias e vou conversar com o professor (Luxemburgo) para que a gente possa trabalhar uma situação. Não que tenhamos problemas, mas cuidar da parte emocional, hoje, vai nos dar uma ajuda grande", completou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br