"Quebrei o pé e tomei muito soco", diz Loreto sobre papel de Aldo

"Cada dor valeu a pena", afirmou o ator.

Para interpretar José Aldo no cinema, José Loreto se jogou no mundo do MMA e sentiu na pele, ou melhor no pé, o sofrimento dos lutadores. “Quebrar o pé não foi nada, o negócio é que eu também fiquei com o olho roxo, tomei muito soco, muito chute na cara, mas valeu cada dorzinha que vou levar para o resto da vida”, declarou.

O filme “Mais forte que o mundo”, de Afonso Poyart, retrata a história de superação do lutador brasileiro José Aldo, que vem de uma família grande e pobre da periferia de Manaus. “A história é espetacular. Assim que eu li, me apaixonei”, confessou Loreto.

José Loreto conversou com José Aldo pela internet e mostrou toda a sua admiração pelo lutador. “Você é meu ídolo como atleta de arte marcial e como homem. Para mim, a sua história só está começando, você ainda tem muita luz, muito brilho para mostrar e orgulhar a galera. Obrigado por existir, por ter essa história linda e por me deixar fazer parte dela”, disse o ator.

Aldo também retribuiu os elogios do ator e agradeceu pela dedicação com o projeto que retrata a sua vida. “Eu que te agradeço pelo trabalho que você tem feito. Eu ainda não vi o filme, mas tenho certeza que você fez um ótimo trabalho.”

José Loreto (Crédito: Reprodução)
José Loreto (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Globo.com