R10 ressalta a importância da torcida diante do Tijuana: ‘Será fundamental’

Depois de empate por 2 a 2, no México, time comandado por Cuca decide vaga nas semifinais em casa e com o apoio dos atleticanos

A agenda do Atlético-MG em 2013 está cheia de compromissos. O Campeonato Mineiro já foi para a conta, mas o time ainda disputa a Taça Libertadores, o Campeonato Brasileiro e ainda terá pela frente a Copa do Brasil. São muitos jogos e pouco tempo para descanso, o que acaba sobrecarregando alguns jogadores. Assim, o técnico Cuca poupa alguns titulares e, consequentemente, dá chances àqueles que não são muito utilizados. Na quinta-feira da semana passada, o time foi ao México para enfrentar o Tijuana. No domingo, depois de longa viagem, já estava em Curitiba, para fazer a estreia no Brasileirão. Poupado do jogo contra a equipe paranaense, Ronaldinho Gaúcho reconhece a correria do Galo para cumprir a agenda de jogos, mas acredita que o as concentrações têm ajudado a recarregar as baterias.

- Está sendo corrido. Teve essa viagem longa (para Tijuana, no México) e a volta. Não fui para Curitiba, mas os outros companheiros tocaram direto e chegaram ontem (segunda), ficam pouco tempo em casa. Tive um pouquinho mais de tempo de descanso do que eles. Então, a gente procura descansar o tempo que tem, estamos concentrando dois dias antes dos jogos pata ter esse tempo de descanso. Esse período de concentração está dando para recuperar bem.

Nesta quinta, às 22h (de Brasília), no estádio Independência, em Belo Horizonte, o Galo recebe o Tijuana para o segundo e decisivo jogo das quartas de final da Libertadores. Na primeira partida, conquistou um empate sofrido, por 2 a 2, mas que manteve a equipe viva na competição. Mesmo já tendo enfrentado o adversário, Ronaldinho Gaúcho reconhece que ainda existe uma tensão para o jogo e que a seriedade do grupo atleticano continua da mesma forma. Na opinião do meia, o que poderá fazer a diferença para garantir a classificação às semifinais será o torcedor, que deve lotar o Independência.

- Continua a mesma tensão, a mesma seriedade. Vamos encontrar uma equipe que joga muito bem. Então, a seriedade é a mesma. A única coisa que a gente tem a nosso favor é a torcida. Com ela apoiando, a gente se sente muito forte. Ela vai ser fundamental para que nessa quinta-feira a gente possa fazer um grande jogo.

Máscaras da morte

Ronaldinho Gaúcho também comentou a mobilização que a torcida do Atlético-MG está fazendo nas redes sociais para o jogo contra o Tijuana. Os torcedores planejam ir ao estádio com máscaras e camisas pretas do time. Ele avalia que a mobilização dos torcedores vai motiva rainda mais a equipe.

- Estamos acompanhando. Nos motiva muito ver a torcida toda mobilizada, querendo apoiar mais uma vez. Isso serve de motivação. E a gente espera corresponder podendo dar mais uma noite de alegria.

Fonte: GloboEsporte