Ramires nega indisciplina e defende desabafo da mulher

Ramires nega indisciplina e defende desabafo da mulher

"Nunca fui um jogador indisciplinado, nunca tive problemas nos clubes", disse ele.

Ramires saiu da Arena Amsterdam com uma medalha de ouro de campeão da Liga Europa no peito, mas não com um sorriso no rosto. O meio-campista ficou de fora da lista de 23 convocados de Luiz Felipe Scolari para a Copa das Confederações, divulgada um dia antes da final contra o Benfica, que o Chelsea venceu por 2 a 1 - e deixou claro a chateação após a partida desta quarta-feira. O jogador negou que a ausência na apresentação para o jogo contra a Rússia, em 24 de março, tenha influenciado na decisão de Felipão.

"Nunca fui um jogador indisciplinado, nunca tive problemas nos clubes por que passei ou qualquer lugar. Isso foi conversado com o Runco (médico) e com o Felipão quando a Seleção foi convocada e acho que não teve nada a ver. Claro que feliz não tem como ficar, mas também não tenho vaga cativa na Seleção. É aberta para todos os jogadores. Se o treinador não me convocou, é continuar trabalhando para que um dia eu possa voltar", desabafou.

Fonte: Terra