Real Madrid massacra Schalke na Alemanha e encaminha vaga

Real Madrid massacra Schalke na Alemanha e encaminha vaga

Aos 20min, Gareth Bale fez grande jogada na área, passou por dois rivais e tocou na saída do goleiro, ampliando

Quando o relógio marcou 25min do segundo tempo na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen, na Alemanha, a torcida do Real Madrid, em festa, começou a dar "adeus" ao Schalke 04. Nesta quarta-feira, o time espanhol permitiu que a confiança tomasse conta na ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Mesmo fora de casa e com show de Cristiano Ronaldo, a equipe merengue fez 6 a 1 e praticamente garantiu vaga na próxima fase.

Com o resultado, o time terá situação muito confortável para o jogo de volta, marcado para 18 de março, uma terça, às 16h45 (de Brasília), no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O Real poderá perder por até quatro gols de diferença, e se ceder o 6 a 1 ao adversário, a decisão vai para as penalidades. A vaga fica com os alemães se venceram por 6 a 0 ou mais.

Na Alemanha, a torcida do Real Madrid fez festa desde o começo do jogo, já que o time não deu oportunidades ao Schalke. O primeiro gol saiu logo aos 12min, com assistência de Cristiano Ronaldo para finalização, de dentro da área, de Karim Benzema.

Aos 20min, Gareth Bale fez grande jogada na área, passou por dois rivais e tocou na saída do goleiro, ampliando. O Real não fez o terceiro antes do invervalo porque a trave salvou o Schalke em chute de Cristiano Ronaldo, aos 31min.

Na etapa final, o domínio ampliou ainda mais. Aos 7min, Cristiando Ronaldo recebeu de Bale, pedalou frente à marcação e chutou cruzado para aumentar. O quarto gol veio com Benzema, após bonita tabela com o companheiro português aos 12min. Aos 24min, Sérgio Ramos chutou do meio-campo para Bale dominar na frente e bater cruzado, anotando o quinto.

Com 5 a 0 no placar, a torcida do Real Madrid já acenava para os adversários em campo e na arquibancada, em sinal de "adeus". Para a equipe de Carlo Ancelotti, no entanto, a partida não estava decidida: manteve o domínio das ações e em outras oportunidades esteve perto de fazer o sexto, o que ocorreu aos 44min, com Cristiano Ronaldo driblando o goleiro antes de finalizar.

Abalado e rendido, o Schalke pouco conseguiu criar. Conseguiu descontar aos 45min, com golaço de Huntelaar: recebeu cruzamento na entrada da área e, de primeira, emendou chute para mandar a bola no ângulo. Agora, o time alemão precisa de uma goleada improvável.

Fonte: Terra