Real Madrid perde recorde de contratação mais cara da história

Pogba foi contratado pelo United por 110 milhões de euros

A contratação de Paul Pogba pelo Manchester United irá tirar do Real Madrid um posto do qual ele tanto se orgulhava há 16 anos: o de responsável pela transferência mais cara da história do futebol.

O clube inglês pagará à Juventus algo entre 110 milhões de euros (R$ 388 milhões) e 120 milhões de euros (R$ 422 milhões), valor que transforma o meio-campista francês no jogador mais caro de todos os tempos.

Até então, o maior negócio registrado era os 100 milhões de euros (R$ 353 milhões, na cotação atual) pagos em 2013 pelo Real ao Tottenham para ter o meia-atacante Gareth Bale. O recorde de transferência mais cara da história, no entanto, pertencia ao time espanhol há bem mais tempo, desde o primeiro ano deste milênio.

Em 2000, o Real tirou o português Luís Figo do seu arquirrival, Barcelona, e o tornou o jogador mais caro do mundo. A transação de 60 milhões de euros (R$ 211,8 milhões atuais) deixou para trás os 45 milhões de euros (R$ 158 milhões) que a Inter de Milão havia pago por Christian Vieri no ano anterior.

O Real ainda quebrou o recorde mais duas vezes antes da contratação de Bale, três anos atrás. Primeiro com Zinedine Zidane, cuja saída da Juventus em 2001 custou 73,5 milhões de euros (259 milhões). Em 2009, foi a vez de Cristiano Ronaldo assumir o topo do ranking, quando deixou o Manchester United mediante pagamento de 94,5 milhões de euros (R$ 331,8 milhões).

Ter o jogador mais caro de todos os tempos não é um mero capricho do Real Madrid. A ideia faz parte da filosofia do clube, implantada pelo ex-presidente Santiago Bernabéu: para ser o maior time é necessário ter o maior estádio e o maior jogador.

Não à toa, a equipe espanhola também sonhou com Pogba e chegou a negociar com o francês, mas desistiu do negócio depois de perceber o montante de dinheiro que seria necessário para tirá-lo da Juventus.

Valorizado como nunca, o meia retorna para Old Trafford após quatro temporadas.

Cria das categorias de base do Manchester United, ele foi para a Itália praticamente de graça devido à falta de chances na equipe principal. Agora, volta com a responsabilidade de honrar o maior investimento já feito por um clube de futebol em um jogador.

Paul Pogba (Crédito: Getty)
Paul Pogba (Crédito: Getty)


Fonte: Com informações do Uol