Real Madrid tentou contratar Neymar com mansão e Zidane

Real Madrid tentou contratar Neymar com mansão e Zidane

Antes de acertar com o Barcelona, o atacante Neymar sofreu um forte assédio do Real Madrid

Antes de acertar com o Barcelona, o atacante Neymar sofreu um forte assédio do Real Madrid, que tentou convencer o jogador de todas as maneiras que a capital espanhola era um lugar melhor para se viver do que a Catalunha. Além de muito dinheiro para o camisa 11, que na época defendia o Santos, o clube merengue ofereceu ao craque uma mansão, a companhia de Zidane, a língua espanhola e impostos mais baixos como benefícios.

Isto porque na Espanha há quatro províncias que são autônomas para taxação de impostos - Catalunha, Balears, Valência e Madri - sendo que a cidade de Barcelona está na região onde os tributos são mais altos e Madri cobra os valores mais em conta. Além disso, na cidade do time merengue a língua é o espanhol tradicional e não o catalão - uma mistura entre a língua local e o francês - o que facilitaria a comunicação do craque no novo país.

O Real Madri também separou uma mansão em La Moraleja, região que concentra casas de luxo em Madri e que fica cerca de dez quilômetros do Santiago Bernabéu. Com isso, Neymar não teria que se preocupar em procurar moradia nem teria dificuldades com a distância para ir aos treinos. Atualmente, o jogador mora no bairro de Pedralbes, menos de três quilômetros do Camp Nou, estádio onde o Barça manda seus jogos.

Fora isto, o prodígio brasileiro teria Zinedine Zidane como padrinho. O ex-craque francês e atual auxiliar técnico de Carlo Ancelotti seria responsável por ajudar na adaptação de Neymar na realidade clube branco.

Mesmo com todos os benefícios, o camisa 10 do Brasil na última Copa das Confederações optou por jogar no Barcelona por poder atuar ao lado de Messi e Iniesta - dois dois melhores jogadores do mundo - e por considerar seu estilo de jogo mais parecido com o que é jogado pelo time de Xavi.

Fonte: UOL