Renato Abreu e Éder Luís próximos do Flamengo

Renato Abreu e Éder Luís próximos do Flamengo

Treinador admite que falta de reforços e indefinição nas renovações de contrato

A demora nas contratações e renovações foi fato comentado abertamente por Rogério Lourenço nesta quinta-feira. O treinador admitiu que não contar com o grupo completo durante esse período de paralisação do Brasileiro atrapalha o planejamento da comissão técnica para a competição. Rogério, no entanto, defendeu a diretoria. Explicou que o clube está sendo criterioso nas negociações, e confirmou que o meia Renato Abreu, do Al Shabab, e o atacante Éder Luís, do Benfica, estão perto de um acerto com o Flamengo.

- Zico já falou sobre a questão de sigilo dos jogadores que vêm sendo negociados, mas tanto o Éder Luis como o Renato Abreu estão bem encaminhados. E existem outras possibilidades ? disse Rogério.

Rogério comentou outros nomes, entre eles o já descartado Montillo. O argentino renovou seu vínculo com o Universidad de Chile.

- Rafael Sóbis foi o primeiro que eu indiquei, mas é quase impossível conseguir a liberação dele. O Montillo estamos observando desde os primeiros jogos da Libertadores. Conforme ele foi crescendo na competição, foi se valorizando e o preço subiu. O Kléber Pereira também foi um nome falado e é bom jogador. Mas não temos de ficar aqui falando de nomes. A prioridade do Flamengo é a permanência do Love ? disse Rogério.

O treinador admitiu que o ataque é o setor mais carente, por hoje só contar praticamente com Diego Maurício e Vinícius Pacheco. Mas o técnico quer também jogadores para os outros setores, deixando claro que é preciso mais velocidade na definição do elenco.

- Se eu falar que (a demora) não incomoda, eu estaria mentindo. Queria os jogadores aqui com contrato renovado e de cabeça tranquila. Mas são coisas que acontecem no futebol, e a política da nova diretoria está correta. Ao mesmo tempo em que necessita de jogadores, o Flamengo tem de buscar o que for melhor. Não apenas uma solução paliativa. E isso pode exigir um pouco mais de tempo. Não posso fazer nada se vão chegar em cima ou não. Faz parte da negociação. Não vamos entrar em leilão de jogadores, tem de ser profissional. Mas atrapalha o planejamento todo. Só que eu não posso cobrar que a diretoria faça coisas sem responsabilidade. As coisas têm de ser feitas de maneira bem equilibrada ? disse Rogério Lourenço.

A negociação com Renato Abreu é a mais adiantada de todas. O contrato do apoiador com o Al Shabab está terminando, e o Flamengo já tem um pré-contrato assinado. Seu empresário, Cláudio Guadagno, vem ao Rio de Janeiro nos próximos dias para resolver o caso. Sobre Éder Luís, o Flamengo está disposto a pagar uma compensação financeira ao Benfica para contratar o atacante por empréstimo. Com o jogador, já estaria tudo acertado.

Fonte: Globo Esporte