Renato Gaúcho diz: "Deveríamos ter fechado casinha"

Para treinador gremista, time deu muitos espaços e, por isso, perdeu na Colômbia



Depois da derrota do Grêmio para o Junior de Barranquilla na noite desta quinta-feira (24), o técnico Renato Portaluppi reconheceu a superioridade dos rivais na etapa inicial, e lamentou gol quando o Tricolor equilibrou a partida. Para Renato, o time cedeu muitos espaços para o adversário.

- Apesar do gol no começo, demos muitos espaços para o adversário. A bola não ficou na frente e levamos pressão até eles chegarem ao gol. O adversário foi muito melhor que o Grêmio até ali.

O técnico salientou as dificuldades da Libertadores, mas enfatizou que isso não serve de justificativa para não trazer pontos dos jogos fora de casa.

- Nós conseguimos fazer um gol fora de casa no início do jogo, mas nos abrimos muito. Deveríamos ter fechado a casinha e tocado mais a bola. Aceitamos muito o sufoco.

Na análise do ex-ponta-direita, sobrou até para o árbitro da partida. Segundo Renato, o apitador impediu um resultado melhor do Grêmio com um erro na etapa final.

- O Grêmio começou a criar e mandar na partida. Tivemos um pênalti legítimo que mudaria a história do jogo, e tomamos o segundo gol em bola parada. Não gosto de criticar a arbitragem, mas atrapalhou.

Fonte: R7, www.r7.com