"Meu desejo era johar Fla-Flu", diz Renato Abreu após receber alta

Segundo Saad, o volante está tendo um pós-operatório tranquilo e passou a noite totalmente relaxado


Renato recebe alta de hospital e afirma: â??Meu desejo era já estar em campo no Fla-Fluâ??

Com uma imagem da protetora Nossa Senhora Aparecida nas mãos, o rubro-negro Renato teve alta, na manhã deste domingo, e deixou o Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo. Mesmo ainda abatido por conta da cirurgia no coração a qual foi submetido para a colocação de um cateter e correção de uma arritmia, o volante não parou de sorrir no caminho que fez até o carro que o levou para casa. Afinal, agora que o pior já passou, o jogador se prepara para o reencontro com a torcida do Flamengo.

- Meu desejo era já estar em campo, hoje, no Fla-Flu. A ansiedade pela volta aos campos está muito grande, mas vamos ver como vai ser daqui para frente - afirmou Renato, que prometeu marcar uma entrevista coletiva para dar mais detalhes da recuperação.

Acompanhado do responsável pelo setor de arritmia do Pró-Cardíaco, Eduardo Saad, e pelo médico do Flamengo, Luiz Cláudio Baldi, Renato deixou o hospital caminhando e aparentando não sentir dores. Segundo Saad, o volante está tendo um pós-operatório tranquilo e passou a noite totalmente relaxado.

- Nem parece que ele foi operado. Ele está muito bem e não se queixa de qualquer incômodo. Agora, além do acompanhamento do coração que precisa ser feito, precisamos esperar a cicatrização da virilha, por onde foi introduzido o cateter. Como a região não foi suturada, o corpo precisa agir naturalmente - explicou Saad, que foi quem operou Renato.

Fonte: Extra, extra.globo.com