Renato volta a fazer promessas: "O Flu vai decolar"

Renato Gaúcho usa a experiência que teve no comando do próprio Tricolor

A promessa de manter um discurso humilde segue de pé, mas aos poucos o velho Renato Gaúcho dá as caras e deixa transparecer a confiança excessiva que marcou suas carreiras como jogador e treinador. Se as frases não são tão polêmicas quanto a que dizia que o Fluminense ia ?brincar? no Brasileirão do ano passado, o comandante tricolor voltou a fazer promessas e garantiu que em breve a equipe deixará a parte de baixo da tabela.

Com 11 pontos em 15 rodadas, o Flu é o vice-lanterna da competição, mas o treinador garantiu não estar preocupado com a possibilidade de rebaixamento para a Segunda Divisão.

- Isso não passa pela minha cabeça. O Flu vai decolar já, já no campeonato. Tivemos muito azar nos últimos três jogos. Merecíamos coisa bem melhor. A primeira vitória está próxima, e quando acontecer a evolução vai ser bem maior - disse.

Para transformar a autoconfiança em resultados positivos, Renato Gaúcho usa a experiência que teve no comando do próprio Tricolor e do Vasco em situações delicadas.

- Tenho passado, acima de tudo, muita tranquilidade e confiança para o grupo. Já estive nessa situação com o Fluminense e com o Vasco e não adianta massacrar os jogadores. Não vai ser da noite para o dia que vamos sair dessa situação. Houve uma evolução grande, mas isso não basta. Precisamos de vitórias - afirmou.

Se para o treinador a situação da equipe ainda não é desesperadora, há torcedores bastante preocupados com a possibilidade de reviver o fantasma da Segundona. Para eles, Renato Gaúcho dá o recado.

- Sei que o torcedor não está tranquilo nem é para estar. Mas ele pode acreditar que o Fluminense daqui a pouco vai decolar. O grupo tem atitude.

Sem vencer há 10 rodadas, o Fluminense encara o Atlético-PR, neste domingo, às 16h, no Estádio do Café, em Londrina, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com