Richarlyson foge de boatos sobre homossexualidade indo a cultos

Os boatos envolvem sua suposta homossexualidade.

Embora não tenha caído totalmente nas graças da torcida do Atlético-MG, clube que defende há um ano e três meses, o volante Richarlyson leva uma vida tranquila na capital mineira, procurando se manter longe das polêmicas vividas fora de campo em seus tempos de São Paulo, a maioria delas relacionada à sua sexualidade.





Em Belo Horizonte, ele optou por um ritmo mais pacato, em que consegue conciliar a participação em cultos na Igreja Batista da Lagoinha com ida a boates e restaurantes badalados.

No início de sua passagem pelo Atlético-MG, Richarlyson aproveitava os períodos sem jogos e treinos para viajar a São Paulo, parando pouco na capital mineira. Em 18 de abril de 2011, ele foi clicado em uma festa em São Paulo, com o ex-BBB Serginho, que postou a foto em seu Twitter. Apesar de ter gerado revolta em alguns torcedores atleticanos, a diretoria considerou normal o fato, por se tratar de folga do atleta.

Coincidência ou não, a partir desse episódio, Richarlyson modificou o seu comportamento e, desde então, o jogador abriu mão de muitas viagens nas folgas, para ficar mais em Belo Horizonte. Assim, evita se envolver com assuntos extra futebol, que sempre incomodaram o atleta. Reservado, o filho do ex-atacante Lela e irmão do vascaíno Alecsandro evitar comentar sobre a vida particular.

Richarlyson reconhece estar bem adaptado à capital de Minas. ?Gosto muito de Belo Horizonte, bem mais tranquilo para morar do que em São Paulo, uma vida mais calma, sem tantos problemas, sem aquele estresse, é uma ótima cidade, estou muito feliz?, afirmou o volante, que, este ano tem sido utilizado por Cuca como lateral esquerdo.

?É uma cidade bem mais calma em relação a São Paulo, que é mais agitada. Você vai se adaptando ao lugar, com a vida, tem sido muito bom, estou muito contente?, acrescentou o volante atleticano.

Em BH, um dos locais em que Richarlyson mais é visto é a Igreja Batista, localizada no Bairro Lagoinha. O jogador participa ali de um culto às terças-feiras. ?Eu já encontrei ele aqui várias vezes, participamos de cultos na terça-feira de noite, ele é uma pessoa bem tranquila, está sempre bem, feliz, disposta a ajudar, todos gostam dele?, contou a doméstica Edilene Silva Ribeiro, de 44 anos.

?Normalmente ele vem sem companhia, mas já vi com outros jogadores, com amigos, amigas. Já o encontrei também em culto da 6ª básica, além dos cultos da terça-feira. Ele é muito devoto?, comentou Edilene. Entre as companhias de Richarlyson na Igreja Batista da Lagoinha estão alguns de seus companheiros de Atlético-MG, como o goleiro Renan Ribeiro e o zagueiro Leonardo Silva.

O lateral direito Patric, que deixou o clube no ano passado, também era uma companhia constante de Richarlyson nos cultos. ?Aqui é comum ver jogador de futebol, já encontrei com muitos do Atlético, do Cruzeiro, o Richarlyson é um que vem praticamente toda semana, ele é muito simpático com todos, educado?, contou um dos porteiros da igreja, que pediu para não ser identificado.

Espaço para a balada

Apesar da devoção, Richarlyson incluiu outro tipo de programas em seus dias de folga. Apesar de procurar preservar sua vida pessoal, evitando polêmicas e a exploração pela mídia, o jogador atleticano frequenta festas e casas noturnas.

Um dos eventos que o jogador já compareceu por mais de uma vez, foi o Arpoador Universitário, que acontece em uma casa de festas localizado na Avenida Otacílio Negrão de Lima, na orla da Lagoa da Pampulha, principal cartão postal de Belo Horizonte.

A festa, conhecida por reunir um grande número de mulheres bonitas, acontece nas tardes de domingos. Richarlyson foi fotografado no local, no dia 12 de fevereiro deste ano, e a fotografia foi colocada no site do evento.

Outras casas de festas da capital mineira já receberam a visita do jogador, como a boate Santtorini, que fez campanha para que o Atlético-MG contratasse o imperador Adriano, logo que ele deixou o Corinthians, oferecendo segurança e garçons de graça e exclusivos para o jogador, e Café de La Musique.

Richarlyson marcou presença, na inauguração do restaurante Mes Amis, no Bairro de Lourdes, região nobre de Belo Horizonte, de propriedade do ex-lateral esquerdo Júnior, que atuou por Palmeiras, São Paulo e Atlético-MG, além da seleção brasileira.

O Mes Amis, é especializado em comida Mediterrânea, e funciona em Belo Horizonte, desde o ano passado, sendo um dos pontos de encontro de jogadores e ex-jogadores. Richarlyson já foi visto ao lado do ex-atleticano Digo Tardelli e do o ex-volante Piazza, tricampeão mundial pela seleção brasileira em 1970 e ainda ídolo do Cruzeiro.

Fonte: UOL