Rivais de Anderson Silva e Minotauro são flagrados no antidoping do UFC Rio

Rivais de Anderson Silva e Minotauro são flagrados no antidoping do UFC Rio

Stephan Bonnar acabou flagrado no exame antidoping da última luta na carreira

As vitórias de Anderson Silva e Rodrigo Minotauro no UFC Rio 3 ganharam ainda mais importância depois desta sexta-feira. Segundo relatório do Ultimate Fighting Championship, de acordo com o site MMA Junkie, Stephan Bonnar e Dave Herman, derrotados pela dupla brasileira na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, foram flagrados no exame antidoping realizado para a terceira edição do evento de lutas na capital fluminense.

De acordo com o site americano, Bonnar, nocauteado por Anderson Silva ainda no primeiro round, testou positivo para drostanolona, um esteroide anabolizante. Por outro lado, os exames realizados no Rio de Janeiro apontaram traços de maconha no organismo de Herman, finalizado por Minotauro na segunda parcial do combate válido pelo UFC 153.

A falta de comissões atléticas no Brasil consequentemente atrasa a divulgação dos resultados dos exames antidoping. O próprio UFC, neste caso, foi o encarregado por realizar o procedimento que flagrou os dois americanos. A suspensão para os atletas, reincidentes quando o assunto é o uso de substâncias ilegais, ainda será decidida pela organização do Ultimate Fighting Championship.

Um castigo da organização, contudo, deve afetar apenas Dave Herman. Depois da derrota para Anderson Silva, Stephan Bonnar decidiu se aposentar do octógono, em anúncio realizado no início da semana. Já o rival derrotado por Rodrigo Minotauro, pressionado por ter sofrido três derrotas seguidas na organização, foi flagrado com maconha no organismo pela segunda vez dentro do UFC, situação que pode resultar em uma demissão.

Fonte: Terra, www.terra.com.br