Robinho comanda festa, e campeão Milan goleia o Cagliari

Robinho comanda festa, e campeão Milan goleia o Cagliari

O triunfo à frente da torcida apenas ratificou o domínio do Milan na liga nacional

Um dos destaques do Milan na temporada, o atacante brasileiro Robinho comandou a festa do título do Campeonato Italiano no Estádio San Siro. Neste sábado, no primeiro duelo em San Siro pós-conquista - assegurada na semana passada -, o ex-santista assinalou dois gols e foi fundamental para a vitória por 4 a 1 sobre o Cagliari.

O triunfo à frente da torcida apenas ratificou o domínio do Milan na liga nacional. Com 81 pontos somados restando apenas uma rodada para o término do Campeonato Italiano, o time rubro-negro abriu nove em relação ao arquirrival Inter, que entra em campo neste domingo para enfrentar o Napoli.

Campeão e consagrado depois de uma ótima jornada neste ano, o Milan encerrará a temporada diante da Udinese, fora de casa, no próximo final de semana. Já o Cagliari, 11º colocado com 44 pontos, recebe o Parma na mesma data.

O jogo começou equilibrado e um pouco cadenciado, mas, quando forçou, o Milan sempre foi superior. Aos 15, Robinho avançou pela direita e cruzou para Pato cabecear para grande defesa do goleiro Agazzi. No minuto seguinte, o ex-santista pegou rebote, após cabeçada de Emanuelson, e mandou uma bomba fazendo Agazzi trabalhar bem novamente.

Mas o gol do brasileiro saiu 5min depois. Robinho recebeu pela esquerda, passou por três marcadores, invadiu a área e chutou cruzado para abrir o placar.

O Cagliari não teve tempo para se recuperar do gol sofrido. Aos 26, Seedorf dividiu com o goleiro e a bola sobrou para Gattuso cabecear para o gol vazio. A torcida, então, incendiou o San Siro e empurrou o Milan para o ataque.

Pato, que aos 33 desperdiçou boa oportunidade ao chutar fraco, se redimiu, e, dois minutos depois, arrancou pela direita e cruzou para Robinho, livre, tocar rasteiro, na saída do goleiro.

Em uma desatenção do Milan, o Cagliari conseguiu diminuir. Aos 37, Cossu recebeu lançamento de Nainggolan, invadiu a área e chutou de esquerda, vencendo a meta de Abbiati.

Na segunda etapa, com a vantagem no placar, o Milan naturalmente relaxou. Mesmo assim, continuou sendo superior e levando perigo à meta de Agazzi. Robinho continuou sendo destaque, mas, dessa vez, pelos gols perdidos.

Primeiro, Pato rolou para o camisa 70, que chutou em cima da marcação. Aos 21, foi a vez de Seedorf passar de calcanhar para Robinho, mas o atacante tentou uma cavadinha e mandou por cima. Dois minutos depois, Pirlo deu ótima enfiada para o ex-santista, que novamente parou na defesa.

Mesmo assim, a torcida rossonera ainda teve o que comemorar. Aos 31, em bela triangulação, Robinho levou para o meio e tocou para Pato que, de primeira, acionou Seedorf. O meia dominou de frente para o gol e chutou na saída de Agazzi.

Fonte: Terra, www.terra.com.br