Hulk e Robinho marcam, e Brasil encerra 2013 com vitória veja Gols

Hulk e Robinho marcam, e Brasil encerra 2013 com vitória veja Gols

Com o resultado no Canadá, a Seleção Brasileira encerra 2013 com 12 vitórias, três empates e duas derrotas.

A Seleção Brasileira venceu em seu último "grande teste" antes da Copa do Mundo de 2014. Na noite desta terça-feira, em Toronto, no Canadá, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari sofreu, mas fez 2 a 1 contra o Chile, com gol de Robinho, um dos testados que ainda briga para se incluir no grupo de convocados para o Mundial.

o resultado no Canadá, a Seleção Brasileira encerra 2013 com 12 vitórias, três empates e duas derrotas. Foi o último teste ?para valer?, já que em 2014 a equipe só enfrentará seleções que não se classificaram para a Copa do Mundo ? a próxima será a África do Sul, em 5 de março, em Johanesburgo. Este ano, Neymar foi o único a ser titular em todos os confrontos.

Apesar do frio de 0°C, a temperatura foi muito amenizada no Rogers Centre, cujo teto retrátil se manteve fechado durante a partida. Em campo, a Seleção Brasileira encontrou dificuldades contra o Chile e irritou Felipão principalmente por conta de seguidos erros de passe e bolas perdidas ? a arbitragem também tirou o treinador do sério em Toronto.

A Seleção Brasileira não demorou a estufar as redes. Logo aos 15min, Oscar recebeu na intermediária e tocou na esquerda para Hulk, que chutou forte, rasteiro e cruzado para vencer o goleiro Bravo. Aos 21min, Fuenzalida deixou o campo para dar lugar a Jorge Valdivia, jogador do Palmeiras que não começou em campo porque não estava 100% fisicamente. A alteração tática surtiu efeito, e o Chile passou a dominar a posse de bola.

Com o domínio das ações ? ao contrário do que costuma acontecer nos jogos da Seleção ?os chilenos complicaram muito a atuação brasileira. No segundo tempo, Felipão tentou melhorar o setor ofensiva com a entrada de Robinho no lugar de Jô. Aos 10min, Hulk ficou com a sobra de bola na entrada da área e bateu com muita força, de perna esquerda, acertando a forquilha direita de Bravo.

​Aos 11min, Paulinho recebeu de Neymar na área e obrigou o goleiro chileno a fazer grande defesa; no rebote, Oscar não conseguiu aproveitar. Quando o time começava a se impor rumo ao segundo gol, acabou surpreendido. Aos 25min, Bravo cobrou tiro de meta, Beausejour ganhou disputa pelo alto, e a bola sobrou para Bravo, que chutou de longe, mas acertou o canto direito. Júlio César sequer pulou na bola.

A equipe então se atirou para cima do rival. Aos 29min, Willian pegou sobra de cruzamento pela esquerda e mandou para o meio da área, onde Robinho completou para o gol em posição irregular ? o assistente anotou impedimento e invalidou o tento. No lance seguinte, Neymar foi lançado pela direita da área e deu dois chapéus em Bravo, mas acabou travado no momento da finalização.

O gol sairia aos 34min, em cruzamento de Maicon pela direita e cabeçada de Robinho. A equipe não diminuiu o ritmo e perdeu grande chance com Neymar, aos 37min, ao receber passe dentro da área e acabar travado pelo goleiro do Chile. No último lance, Robinho disputou com dois zagueiros chilenos e, com um chapéu, limpou a marcação dupla para bater cruzado, mandando a bola rente à trave em bela jogada.









Fonte: Terra