Robinho ensaia dancinha: ""Kaká é cintura dura""

Robinho ensaia dancinha: ""Kaká é cintura dura""

O "Rei das Pedaladas" prometeu ensaiar com os companheiros na concentração

Símbolo do futebol espetáculo no Brasil, o atacante Robinho retornou ao Santos no início da temporada após atuações irregulares no Manchester City, da Inglaterra, e lançou moda nas comemorações dos gols do Peixe. As dancinhas dos Meninos da Vila correram o país e, a partir do dia 15, na estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Coreia do Norte, em Joanesburgo, podem rodar o mundo. O "Rei das Pedaladas" prometeu ensaiar com os companheiros na concentração, mas admitiu que a qualidade dos "dançarinos" do Brasil não é a mesma.

- Temos que fazer as coisas com alegria e espontaneidade. Quanto mais dancinhas fizermos é sinal de que a seleção está fazendo uma boa campanha na Copa do Mundo. O problema é que estamos cheios de cintura dura na seleção, o Kaká, o Luís Fabiano. Vamos ver ser eles aprendem alguma coisa - afirmou Robinho.

Robinho acompanhou o confronto entre Santos e Corinthians, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador do Peixe admitiu que não gostou da comemoração dos rivais, que simularam uma pescaria. Porém, ele afirmou que as dancinhas fazem parte do jogo.

- O Corinthians não fez a dança para menosprezar, mas o Andrés (Sanches, presidente do Timão e chefe da delegação da seleção brasileira) ficou enchendo o meu saco na concentração. Na seleção, não temos nada ensaiado para os próximos jogos. Vamos treinar.

Nesta terça-feira, os jogadores da seleção brasileira vão seguir para Harare, no Zimbábue. Na quarta-feira, às 10h30m (horário de Brasília) e 15h30m (local), o time vai enfrentar os donos casa, no penúltimo amistoso antes da estreia na Copa do Mundo, no dia 15, contra a Coreia do Norte, no Ellis Park, em Joanesburgo.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com