Rogério Ceni se envolve em confusão com torcedor após clássico

Ceni prestou depoimento sobre o ocorrido e já foi liberado.

Depois da derrota por 4 a 3 diante do Corinthians, o goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, se envolveu em confusão com um torcedor na saída do Estádio do Pacaembu, neste domingo.

Em uma primeira versão dos fatos, um funcionário corintiano que trabalha em uma das lanchonetes do Pacaembu, identificado como Alexander, teria tentado agredir Ceni com um tapa. Na sequência, ao fugir, teria sido capturado pelos seguranças são-paulinos e encaminhado ao Jecrim (Juizado Especial Criminal) instalado no estádio.

Amigos do suposto agressor e outras testemunhas desmentem o fato, e dizem que Alexander queria tirar uma foto com o capitão rival. Porém, ele teria feito uma gracinha quando Ceni parou para atendê-lo e, com um movimento brusco, assustou o goleiro, que pensou que seria agredido.

Ceni prestou depoimento sobre o ocorrido e já foi liberado. O São Paulo tem voo marcado ainda para este domingo para o México, onde enfrentará o Monterrey na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores.

O goleiro não fez boletim de ocorrência. Via assessoria de imprensa, ele informou que tudo não passou de um mal-entendido. O promotor Paulo Castilho diz que ficará atentado ao ocorrido.

"O rapaz negou que tenha agredido o Rogério Ceni e o procedimento dependerá do promotor que receberá os fatos dar ou não continuidade, mas tudo será registrado e encaminhado ao Ministério Público para que as medidas legais possam ser tomadas", disse

Fonte: Terra