Ceni critica exclusão do Morumbi em 2014

Camisa 1 do São Paulo estranhou a quantidade de críticas que o palco dos jogos do São Paulo recebeu

Principal ídolo da torcida são-paulina, o goleiro Rogério Ceni comentou a exclusão do estádio do Morumbi da Copa de 2014, que será disputada no Brasil. O camisa 1 deixou no ar que a política levou a melhor sobre os aspectos esportivos.

- Não estou muito a par da situação porque estava viajando. Mas, se o Morumbi não tem condições, então o Brasil não tem condições de ter Copa. Talvez, com exceção do Engenhão (Rio), que é novo, e da Arena da Baixada (Curitiba), quando estiver totalmente pronta, não vejo outro estádio melhor. Mas a verdade é que pegaram o Morumbi para Cristo. Não sou eu quem vai resolver a situação ? afirmou o capitão são-paulino.

Rogério Ceni era um dos mais animados com a reforma que o Morumbi sofreria para o Mundial de 2014. Ele sonhava em reformar o seu contrato, que termina em dezembro de 2012, por mais duas temporadas, para poder disputar um jogo no estádio que seria coberto para o torneio mundial. Agora, parece ter mudado de ideia.

- Em 2014, eu terei 42 anos e acredito que estarei apenas na torcida pela seleção brasileira ? concluiu o jogador.

Fonte: Globo Esporte