Rogério não é mais o treinador do Flamengo

Um dia após ser hostilizado pela torcida no empate com o Galo, técnico e Zico conversam

Rogério Lourenço não é mais treinador do Flamengo. Nesta sexta-feira, ele se reuniu com Zico, diretor executivo de futebol, e os dois chegaram à conclusão de que não havia mais condições para a permanência no cargo. A saída, portanto, foi de comum acordo. Há chances de Rogério seguir no Flamengo, mas em outra função.

Na quinta-feira, o Rubro-Negro foi a campo e empatou sem gols com o Atlético-MG, no Maracanã. A torcida ao fim do jogo hostilizou o treinador e pediu sua saída. Com 21 pontos, o Fla está em décimo no Campeonato Brasileiro. Em 16 jogos no torneio, o time conquistou cinco vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Apesar de ter uma das melhores defesas da competição, com apenas 12 gols sofridos, a equipe carioca tem o segundo pior ataque, com 13 gols - à frente somente do Ceará, que fez 12. O técnico sai justamente na hora em que o clube vai reforçar o setor, com a chegada de Deivid e Diogo.

O treinador assumiu a equipe nas oitavas de final da Taça Libertadores, após a demissão de Andrade. O primeiro jogo foi contra o Corinthians, no dia 28 de abril. O time ganhou por 1 a 0 no Maracanã, gol de Adriano em cobrança de pênalti.

A equipe rubro-negra conseguiu a vaga nas quartas de final apesar da derrota por 2 a 1 no jogo de volta, em São Paulo, no saldo de gols qualificado. Na fase seguinte, o Fla perdeu por 3 a 2 para o Universidad do Chile, no Maracanã, e foi eliminado do torneio apesar de ter vencido por 2 a 1 em Santiago.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com