"Uma motivação a mais", diz R10 sobre vaias após vitória do Fla

"Uma motivação a mais", diz R10 sobre vaias após vitória do Fla

As vaias caíram sobre Ronaldinho na vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Emelec-EQU, pela segunda rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores da América

As vaias caíram sobre Ronaldinho na vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Emelec-EQU, pela segunda rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores da América. A torcida não perdoou a atuação irregular do meia, que errou passes e chegou a ser displicente com um toque de peito após receber um cruzamento na área. Curiosamente, o jogador melhorou após as manifestações da arquibancada e foi aplaudido quando deu um carrinho para recuperar a bola. Na saída de campo, ele garantiu não se abater com os protestos.

- É uma motivação a mais para eu correr dobrado, dar a volta por cima. Minha carreira sempre foi assim - alegou.

As vaias voltaram a aparecer após o apito final, desta vez para o time. A torcida demonstrou irritação com o placar magro, mesmo com o Flamengo atuando com um jogador a mais do que o Emelec durante toda a segunda etapa. Ronaldinho defendeu o grupo, lembrando que Joel Santana precisou recorrer a vários jovens por causa das lesões de outros jogadores.

- É complicado, uma equipe cheia de jogadores jovens, que nunca jogaram juntos, só nas categorias de base, não na Libertadores. O importante é a vitória. Tem outro jogo em casa agora e vamos torcer para que não venha mais nenhuma lesão.

O Flamengo assumiu a liderança do Grupo 2 da Libertadores com quatro pontos e agora vai enfrentar o Olimpia, do Paraguai, no dia 15 de março, às 22h (de Brasília), no Engenhão.

Fonte: GloboEsporte