Ronaldinho diz que meta agora é jogar em alto nível e não dinheiro

Ronaldinho baixou e muito sua pedida salarial, e a diretoria do Atlético-MG nem sequer precisou procurar um investidor

Antes de fechar contrato com Ronaldinho, Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG, ouviu do meia-atacante que seu objetivo agora não era ganhar dinheiro, mas voltar a jogar em alto nível.

A conversa foi determinante para Kalil viabilizar a contratação do jogador. Ronaldinho baixou e muito sua pedida salarial, e a diretoria do Atlético-MG nem sequer precisou procurar um investidor para financiar a chegada do atleta.

O BMG, principal patrocinador do Atlético-MG, não foi procurado para participar da contratação de Ronaldinho. Dentro do banco, executivos garantem que, caso fossem acionados, não entrariam no negócio.

No anúncio da contratação de Ronaldinho, o presidente do clube mineiro afirmou que o salário de Ronaldinho ficará no mesmo patamar do restante do time. No Flamengo, Ronaldinho recebia R$ 1,25 milhão por mês.

Fonte: Folha