"Ronaldinho não tem o mesmo  físico, mas tem talento", diz Luxa

"Ronaldinho não tem o mesmo físico, mas tem talento", diz Luxa

Segundo o técnico, a maior sequência de jogos, com partidas no meio de semana, ajudará Ronaldinho a subir de produção

Depois da vitória por 4 a 1 sobre o Atlético-MG no sábado, o grupo ganhou o domingo de folga. O Flamengo se reapresenta na tarde desta segunda-feira e treina no Ninho do Urubu. À noite, a delegação embarca para Belo Horizonte para o jogo de quarta-feira, diante do América-MG, em Sete Lagoas. Serão duas noites de descanso e alimentação regrada para Ronaldindo Gaúcho e todo grupo. E mais uma partida num curto espaço de tempo, o que não aconteceu até a 6ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para Vanderlei Luxemburgo, será mais uma oportunidade para o camisa 10 ganhar ritmo de jogo.

- Para o Ronaldinho, os treinos são ruins, jogar é a melhor forma de ele ganhar ritmo. Esqueçam o jogador do Barcelona ou da Seleção Brasileira. Ele está com 31 anos, não tem mais o mesmo vigor físico. Mas tem talento, e temos que explorar isso.

Segundo o técnico, a maior sequência de jogos, com partidas no meio de semana, ajudará Ronaldinho a subir de produção. Mas as próximas rodadas também deixarão lacunas que terão que ser preenchidas por treinamentos.

- A equipe está preparada para enfrentar a seqüência de jogos quarta e domingo ? garantiu Vanderlei.

Apesar do jogo da próxima quarta-feira contra o América-MG, no fim de semana não haverá rodada do Brasileirão por causa da Copa América. Depois, o Rubro-Negro receberá o São Paulo, no Engenhão, apenas no dia 6. Na seqüência, dia 10, é o Fla-Flu. Nas duas rodadas seguintes, o time de Vanderlei voltará a jogar só aos sábados ou domingos: Palmeiras (Pacaembu, dia 17) e Ceará (Engenhão, dia 23). Na 12ª rodada, a partida com o Santos, na Vila Belmiro, será dia 27, uma quarta.

Assim como acontece desde o início da temporada, Ronaldinho Gaúcho tem uma carga diferenciada de trabalho elaborada pelo preparador-físico Antônio Mello. No sábado, na vitória por 4 a 1, Ronaldinho fez um primeiro tempo sem brilho, mas subiu de produção na etapa final, movimentou-se, protagonizou bons lances, marcou um belo gol, fez as pazes com a torcida e deu um carinhoso abraço em Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com