Ronaldinho, Renato, Angelim e Léo Moura: os pilares de Luxemburgo

À beira do campo, Vanderlei Luxemburgo berra, gesticula o tempo todo, mas também passa instruções ao pé do ouvido

À beira do campo, Vanderlei Luxemburgo berra, gesticula o tempo todo, mas também passa instruções ao pé do ouvido. Nos treinos e jogos, faz parte da rotina do treinador do Flamengo conversar em particular com quase todos os jogadores do grupo, especialmente com o quarteto formado por Ronaldinho, Renato, Ronaldo Angelim e Léo Moura. Na vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, por exemplo, os dois primeiros foram mais de uma vez ao banco de reservas para ouvir as orientações. É com o auxílio deles que o treinador posiciona a equipe, corrige erros e indica atalhos. Como jogam em setores diferentes, o técnico consegue atingir a equipe inteira.



Ronaldo, Renato, Angelim e Léo Moura são os líderes do time em campo, são meus jogadores mais experientes. Passo as orientações para eles, que vão organizando da maneira que eu quero, vão seguindo as determinações. Isso é importante ? frisou o treinador.

Dos quatro, Léo Moura é o que tem mais partidas pelo clube: 343. Angelim vem logo depois, com 275. O zagueiro começou o campeonato no banco, mas recuperou a posição a partir da sexta rodada. Cada um deles conquistou seis títulos (quatro Cariocas, uma Copa do Brasil e um Brasileiro). No somatório das duas passagens, Renato tem 191 jogos. Ele também ganhou a Copa do Brasil e os estaduais de 2007 e 2011. Ronaldinho chegou nesta temporada, mas de cara ganhou a braçadeira de capitão, que pertencia ao camisa 2. Além disso, exerce a liderança pelo talento. É ele quem dita o ritmo das ações ofensivas da equipe.

- É bom saber que ele tem essa confiança. Ele passa isso para a gente. Além da experiência, podemos ajudar a melhorar o posicionamento em campo. Às vezes, ele quer passar algo para alguém distante e passa para mim e para outros companheiros. Nós sempre conversamos ants, durante e depois ? explicou o camisa 11.

Luxa recorre aos sinais. Para quem está fora, muitas vezes é difícil compreendê-los. Renato assegura que conhece todos.

- Esses gestos eu entendo. Conheço bem ele e pego na hora (risos).

O Flamengo é o vice-líder do Brasileirão, com 30 pontos (14 jogos), um a menos que o Corinthians (31 pontos, 13 jogos). Neste sábado, o Rubro-Negro enfrenta o Coritiba, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão.

Fonte: Globo Esporte